Imagem: Dieta do ovo - O que precisa saber antes de Começar!

Dieta do Ovo » O que precisa Saber Antes de Começar?

Dieta do Ovo – Uma das mais populares e procuradas pela internet, famosa por perder vários quilos em pouco tempo, onde você come principalmente ovos. Mas é realmente saudável?

A Dieta do Ovo é definida, basicamente, pela Restrição Calórica e Baixo Consumo de Carboidratos. Enquanto mantém um Alto Consumo de Proteínas, aparentemente para favorecer a Massa Muscular e ajudar na Perda de Peso.

Essa dieta também possuí várias versões, aonde, você só come no café da manhã, almoço e jantar. Não há lanches e só pode beber água ou bebidas sem calorias.

Em cada plano, os ovos são o centro das refeições e a principal fonte de proteína. Alimentos ricos em carboidratos como arroz, pão e batatas são eliminados da dieta.

Alimentos que contêm alto teor de açúcar natural,como a maioria das frutas, também não são permitidos.

E então, o que achou dessa dieta? Se pretende seguir a Dieta do ovo, não deixe de ler essa matéria e descobrir se é uma forma saudável ou segura para você praticar! Ok?

Imagem: Dieta de 21 Dias

 

Os Tipos de Dietas de ovos

Imagem: Os Tipos de Dietas de ovos

Apesar de existir várias versões da Dieta do Ovo, todas elas funcionam essencialmente da mesma maneira.

Você começará cada dia com ovos e continuará a comer pequenas porções de proteína magra durante o seu dia.

Geralmente, a dieta do ovo e suas variações duram entre 7 a 14 dias e não é aconselhável praticá-la por longo períodos.

Dieta do Ovo Tradicional

Imagem: Dieta do Ovo Tradicional

Nesta versão, consumirá três refeições por dia, não consumirá nenhum lanche nem bebida calóricas, durante 14 dias.

Cada dia, você come uma refeição com ovos, mas outras refeições podem ser construídas em torno de outras fontes de proteína magra, como frango ou peixe.

Para suplementar a proteína em seu prato, você pode adicionar vegetais com baixo teor de carboidratos, como brócolis, espinafre ou couve.

As frutas também são incluídas, mas limitadas a 1 ou 2 porções diárias, um exemplo de uma típica dieta tradicional de ovos inclui:

  • Café da manhã: Um vegetal de baixo carboidrato e dois ovos. Ex:
    • 2 ovos cozidos e 1 toranja ou omelete de 2 ovos com espinafre e cogumelos.
  • Almoço: salada verde com proteína magra. Ex:
    • peito de frango assado e brócolis.
  • Jantar: Legumes e ovos com baixo teor de carboidratos ou proteína magra. Ex:
    • porção de peixe e uma salada verde.

Dieta do Ovo e Toranja

Imagem: Dieta do Ovo e Toranja

Esta é uma variação da Dieta do Ovo tradicional e dura a mesma quantidade de tempo.

Nesta versão, você consome juntamente com os ovos, a Toranja, ou em inglês Grapefruit, é um híbrido, resultante do cruzamento do pomelo com a laranja, também é conhecido pelo nome de laranja-melancia.

Em cada refeição você come meia toranja com os ovos ou proteína magra. Nenhuma outra fruta é permitida. Um exemplo típico desta versão seria:

  • Café da manhã: Toranja e dois ovos. Ex:
    • 2 ovos cozidos e Metade de uma Toranja.
  • Almoço: Proteína magra, vegetais e Toranja. Ex:
    • Peito de frango assado, brócolis e Metade de uma Toranja.
  • Jantar: proteína magra ou ovos e Toranja. Ex:
    • Porção de peixe e Metade de uma Toranja.

Dieta do Ovo Extrema

Imagem: Dieta do Ovo Extrema

É a forma mais estrita da Dieta do Ovo que segue um programas de perda de peso extrema, insalubre onde você só come ovos cozidos e bebe água durante 14 dias.

Como se pode imaginar, esta dieta não é recomendada por causa da fadiga que você pode sentir e por ser extremamente desequilibrada, o que pode levar a desnutrição.

 

A Dieta do Ovo funciona de verdade?

imagem: A Dieta do Ovo funciona de verdade?

Como toda dieta recente e popular, surge a grande questão, se de fato, funciona e é realmente possível perder peso comendo apenas ovos?

Respondendo essa questão, SIM! É possível perder peso com a Dieta do Ovo.

O objetivo dessa dieta é diminuir as calorias e por ser rica em proteínas é muito saciante, ou seja, evita que a pessoa sinta fome.

O principal “benefício” desta abordagem é, naturalmente, a perda de peso a curto prazo, até 14 dias, portanto, se torna uma dieta curta, o que torna mais fácil de seguir.

Outro fator favorável neste plano, é o ovo ser uma fonte de proteína bastante acessível, o que gera cardápios simples, eficazes e não são caros.

E também não exigi grande dificuldade para preparar e realizar as suas refeições.

O ovo também é um alimento de baixa caloria e saudável. Que contém proteínas, aminoácidos, zinco, cálcio, vitaminas C, E, D, K, B1, B3, B5, B6, B9 e B12 e sais minerais.

 

A Dieta do Ovo é Segura ou Saudável?

Imagem: A Dieta do Ovo é Segura ou Saudável?

A maioria dos nutricionistas, médicos ou profissionais da área, provavelmente não irão aprovar ou recomendar seguir essa dieta.

Isso porque, a dieta do ovo não é completa, o suficiente, para suprir os nutrientes que o corpo necessita. Portanto, não seria a maneira mais segura de perder peso.

Embora os ovos estejam cheios de nutrientes saudáveis, seu corpo precisa mais do que os ovos podem fornecer para funcionar corretamente.

Por exemplo, a Fibra alimentar, que é importante para uma digestão saudável e provavelmente não irá obter a fibra necessária quando estiver nessa dieta.

Se comer apenas ovos, você também não irá fornecer as calorias, os carboidratos e outras vitaminas e minerais essenciais que o seu corpo precisa.

O que pode causar deficiências vitamínicas e minerais, promovendo a fadiga e dificultando a realização de atividades físicas.

Além disso, ao seguir qualquer versão da dieta do ovo, sua ingestão de calorias chegaria a menos de 1.000 calorias por dia, o que não é seguro para saúde.

Portanto se optar por esta Dieta, é expressamente aconselhado ser acompanhado por um profissional qualificado.

Imagem: Dieta de 21 Dias

 

Efeitos Colaterais da Dieta do Ovo

Imagem: Efeitos colaterais da dieta do ovo

A Dieta do Ovo é uma estratégia “radical” desenvolvida para ajudar a perder peso rápido e facilmente.

No entanto, dietas assim geralmente vêm com efeitos colaterais indesejados.

O efeito mais comum da dieta do ovo é a falta de energia que muitas pessoas podem sentir. O que dificulta a prática de atividades físicas.

Por se tratar de uma dieta com baixo teor de calorias e carboidratos, pode causar fadiga extrema, dores de cabeça e sintomas como mau humor ou irritabilidade.

Pode ser difícil para o sistema digestivo se adaptar. O que levaria a problemas estomacais e sintomas como: náusea, constipação, flatulência e, até mesmo, mau hálito.

Os ovos também são ricos em colesterol, cerca de 63% do valor diário recomendado.

O que gera certa preocupação, um estudo realizado em 2015, constatou que homens que consumiam mais de 6 ovos por semana, apresentariam um risco de 30% maior para insuficiência cardíaca e também maior risco de acidente vascular cerebral.

Como já mencionado, os ovos não têm fibra, portanto, irá comprometer a sua função intestinal e prejudicar as bactérias da flora intestinal.

Por não ser uma dieta sustentável, ou seja, que não pode ser mantida por um longo tempo, muitas pessoas acabam voltando aos velhos hábitos alimentares logo que terminam.

Assim, provavelmente ganharão o peso de volta, isso torna a dieta do ovo inclinado ao “Efeito Sanfona” e ainda, teria o risco de ganhar mais peso, do que antes, após aplicar a dieta.

Imagem: Dieta de 21 Dias

 

Conclusão: Devo seguir ou não a Dieta do Ovo?

Imagem: Conclusão: Devo seguir ou não a Dieta do Ovo?

A Dieta do Ovo é realmente uma estratégia popular para perda de peso, que ganhou grande destaque pela facilidade e resultados em curto tempo.

No entanto, os resultados dessa abordagem são inconsistentes em relação aos riscos potenciais a sua saúde.

Geralmente, ao realizar uma dieta composta por apenas ovos, privaria o seu corpo de nutrientes importantes, obtidos em outros grupos de alimentos que não são permitidos durante a dieta.

Por esse motivo, embora os ovos sejam altamente nutritivos e uma das melhores fontes de proteína, é extremamente recomendado seguir a dieta de ovos por um curto período de tempo.

Para manter resultados significativos através da Dieta do ovo, seria aconselhável adotar outras medidas como prática de exercícios regulares e uma alimentação equilibrada e saudável após finalizar o período da dieta.

Caso você acredite que os benefícios da Dieta do Ovo possa superar os riscos, seria aconselhável consultar um médico ou nutricionista.

Para garantir que seu plano seja bem sucedido e forneça resultados a longo prazo que o mantenham em forma e saudável.

Dieta do Ovo » O que precisa Saber Antes de Começar?
4.7 (94.29%) 14 votos
Veja Também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *